sexta-feira, 28 de maio de 2010


Um dia, uma pequena abertura apareceu em um casulo.

Um homem sentou e observou a borboleta por várias horas, conforme ela se esforçava para fazer com que seu corpo passasse através daquele pequeno buraco.

Então pareceu que ela havia parado de fazer qualquer progresso. Parecia que ela tinha ido o mais longe que podia, e não conseguia ir mais.

O homem decidiu ajudar a borboleta: ele pegou uma tesoura e cortou o restante do casulo. A borboleta então saiu facilmente. Mas seu corpo estava murcho e era pequeno e tinha as asas amassadas.

O homem continuou a observar a borboleta porque ele esperava que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e esticassem para serem capazes de suportar o corpo que iria se afirmar com o tempo. Nada aconteceu!

Na verdade, a borboleta passou o resto da sua vida rastejando com um corpo murcho e asas encolhidas. Ela nunca foi capaz de voar.

O que o homem, em sua gentileza e vontade de ajudar não compreendia era que o casulo apertado e o esforço necessário à borboleta para passar através da pequena abertura era o modo com que Deus fazia com que o fluido do corpo da borboleta fosse para as suas asas, de modo que ela estaria pronta para voar uma vez que estivesse livre do casulo.

"Algumas vezes, o esforço é justamente o que precisamos em nossa vidas. Se Deus nos permitisse passar através de nossas vidas sem quaisquer obstáculos, ele nos deixaria aleijados. Nós não iríamos ser tão fortes como poderíamos ter sido. Nós nunca poderíamos voar."
Fonte internet
(Desconheço o Autor)
Gabriel disse que o fluxo contínuo da energia que se move como um rio de luz por seus chakras permanecerá são e alegre. Porém, se você não tem luz fluindo através de seus chakras e seus quatros corpos inferiores, então virão a degeneração, a deterioração, a depressão e a doença.
Sabemos como nos sentimos quando todos estão alegres e chega alguém de mau humor ou que está abatido e não tem nada de positivo para dizer, De repente, nosso pequeno sorriso se fecha e nos sentimos taciturnos. O Arcanjo Gabriel diz que nesse momento é preciso invocar o tubo de luz, recitar os mantras à chama violeta e fechar os chacras com este exercício. Gabriel nos disse: “Isto é algo que você pode fazer várias vezes ao dia, especialmente quando se sentir esgotado por ter estado em meio à multidão.”


1.CHACRA DO CORAÇÃO E CHAKRA DA CÂMARA SECRETA DO CORAÇÃO

Ponha a mão esquerda sobre o chakra do coração, no centro do peito. Durante toda a meditação, a mão esquerda deverá permanecer ali. Agora ponha a direita por sobre a esquerda.
Visualize no centro da cavidade peitoral um disco de fogo branco do tamanho de um prato. Gabriel disse que este disco branco é um “eletrodo de energia”. Visualize-se trazendo esse disco branco para fora da câmara secreta de seu coração com sua mão direita. Sinta sua palma extraindo esta luz branca que irá usar para alimentar os chakras,
Mantendo suas mãos sobre o chakra do coração, concentre seu amor no coração. Sinta a intensificação do fogo divino em seu coração. Visualize-o como fogo branco que se colore de rosa, a cor do amor, a cor do chakra do coração.

2.CHAKRA DA COROA

Agora, deixando a mão esquerda sobre o chakra do coração, ponha a mão direita a uns três ou quatros centímetros sobre o chakra da coroa. Com a mão esquerda está retirando a energia do coração e com a direita está pondo esta energia no chakra da coroa.
A energia que alimenta seu coração chega a ele por aquele canal puro de luz cristalina, o cordão de cristal que desce do coração da sua Presença do Eu Sou. A energia entra pelo chakra do coração, chega ao coração e dali você a retira. Não mova a mão esquerda; sinta como a palma extrai a energia do coração. A direita está sobre o chakra da coroa.
Agora feche os olhos e visualize o disco brilhante sobre a coroa. É um disco de luz carregando seu chakra. Você pode mover a mão sobre a coroa com um leve movimento de rotação no sentido horário.
Visualize o disco branco com um intenso fogo branco tão brilhante como o brilho do sol sobre neve recém-caída. É uma luz branca que chega a cegar de tanta energia. Está carregando o chacra da coroa. Quando faço isto, sinto que a luz produz um formigamento no chakra.
Neste momento, você esta transmitindo o fogo branco ao chakra da coroa. Está usando os chakras das palmas das mãos, que chamamos secundários, para transferir o fogo de Deus.
Para ativar o fluxo da luz, continue movendo a mão com um movimento de rotação no sentido horário.

3.CHAKRA DO TERCEIRO OLHO

Quando sentir que realizou este contato, e que é suficientemente intenso, leve sua mão direita – sem mexer a esquerda – a uns dois centímetros acima do terceiro olho, que está situado entre as sobrancelhas. Visualize sobre o terceiro olho o disco de fogo branco girando. Gire sua mão no sentido horário e sinta como a energia ativa seu terceiro olho.
Algumas pessoas sentem um formigamento no terceiro olho e por toda a cabeça. Sua postura diante desta luz tem de ser receptiva. Receba a luz. Abra seu coração à luz, abra sua coroa, seu terceiro olho.

4.CHAKRA DA GARGANTA

Quanto sentir que energizou o terceiro olho ao máximo, está pronto para colocar a mão direita sobre o chakra da garganta e repetir o mesmo processo.
Visualize o disco de luz, luz branca e resplandecente, na base do pescoço, ativando as tireóides, o timo. Veja como o disco gira.Sinta como o fogo ativa este centro de poder. Se sentir um formigamento ao baixar da coroa ao terceiro olho, passando pelo ouvido interno e pelo pescoço então neste momento sentirá este mesmo formigamento na base do pescoço.

5. CHAKRA DO CORAÇÃO

Quando tiver energizado o chakra da garganta, situe sua mão direita a uns dois centímetros sobre o chakra do coração, sem mover a esquerda de seu lugar. A esquerda está extraindo a energia e a distribuindo para a direita. Faça girar a mão sobre o chakra do coração. Respire profundamente. Sinta que está carregando o coração, o coração físico, as 12 pétalas do chakra do coração. Esta é uma ação estimulante e de proteção.

6. CHAKRA DO PLEXO SOLAR

Quando tiver terminado o chakra do coração, vá aos umbigo. Sinta a entrada da luz e repare como ao entrar se estabelece uma paz total, enquanto move a mão direita sobre a região do umbigo com um movimento circular. Desfaça-se de tudo que não esteja em paz em seu ser, em sua vida, de toda discórdia, de toda aflição, de todo problema sem solução. Permita que o fogo os consuma e aceite o presente da paz do Cristo Cósmico no plexo solar.
O mantra de Jesus para o plexo solar é “Paz, aquieta-te e sabe que EU SOU Deus” . Vamos recitá-lo três vezes:

Paz, aquieta-te e sabe que Eu Sou Deus.
Paz, aquieta-te e sabe que Eu Sou Deus
Paz, aquieta-te e sabe que Eu Sou Deus

7. CHACRA DA ALMA

Agora vamos ao chakra da alma, situado na metade do caminho entre o umbigo e a base da coluna, A alma é muito terna, muito frágil. A alma é uma criança interior. Possui grande sabedoria e é onisciente. Sele agora sua alma no fogo do Cristo. Visualize o resplandecente disco branco sobre o chakra da alma solar.Tranqüilize a sua alma com as palavras: “ Ó alma minha, fique em Paz.”

8. CHAKRA DA BASE DA COLUNA

Agora vejamos o chakra da base da coluna. Mais uma vez, mova sua mão em círculo e sele o chakra da base, suas quatro pétalas, o fogo branco, a luz da Mãe.

9. DA BASE À COROA

Em seguida, leve sua mão direita lentamente percorrendo a linha dos chakras, mantendo a esquerda sobre o coração. Neste movimento de volta à coroa, pode deter sua mão sobre cada um dos chakras. Você pode fazer isso lentamente e repetir várias vezes o movimento completo desde a base. Sele e eleve a luz. Deseje conscientemente que seja elevada..

10. DE VOLTA AO CORAÇÃO

Posicione sua mão direita novamente sobre seu coração para terminar este ritual. Se desejar, pode entoar o OM.

Fonte: http://www.luzdegaia.org/aajuda/itextos/selamento_chakras.htm
Do livro Arcanjo Gabriel - Elizabeth Clare Prophet।

A exploração Interior


Nascemos com um grande tesouro, tão vasto, tão grandioso que é inexaurível.
Mas vivemos em tão grande pobreza porque nunca cavamos até o fundo de nosso ser. Procuramos em outros lugares.

Esse é o detalhe mais estranho no homem: ele procura em todos os lugares — está disposto a ir ao monte Everest, está disposto a ir à lua —, mas não está pronto para entrar em si mesmo.

No momento em que você diz: "Explore seu interior", as palavras não são ouvidas.
Mas é lá dentro que está o tesouro.

E vivemos carregando o tesouro, porém continuamos como mendigos.

Sua realidade está em seu interior, e você a procura fora.

A primeira exploração deve ser feita internamente.
Se você não a encontrar lá, é claro que poderá explorar o mundo todo.
Mas isso nunca acontece.

Aqueles que procuram dentro sempre encontram.
Por Osho - "Meditações Para o Dia"
Fonte internet

sábado, 22 de maio de 2010



"A saúde é o resultado não só de nossos atos como também de nossos pensamentos".

Mahatma Gandhi

domingo, 16 de maio de 2010

Magia (assim recebi nomeado este texto)

Olá...boa madrugada de domingo amigos internautas, exploradores e garimpeiros de belos textos na internet!
Lá venho eu mais uma vez ao blog para dividir mais um dos tocantes e-mails que me são enviados em PPS. Algumas alteraçõeszinhas no seu formato para a sua publicação e algumas imagens para não deixá-lo cansativo.
PS.: Quando deparo com "autoria desconhecida", me preocupo em buscar sua fonte, porém nem sempre é possivel localizá-lo. Por isso, caso alguém pare por aqui para lê-la, sabendo seu autor(a) por favor me informe para que eu atribua os créditos.
Sempre grata! Segue a mensagem...





Eu quero acreditar que ainda resta alguma magia no mundo”, disse ela...

“Tão ligeiro corre esta efêmera existência terrena...”

“Não se deixe perder na mesmice de uma rotina vazia”,
repetia ela...

“O tempo para mudança é agora...”

Crescer, cultivar, embelezar os jardins que florescem
no coração. Cuidar dos pomares, flores e frutos que brotam do
sagrado solo da nossa alma...


“São tantas as máscaras que usamos a cada dia que já não mais sabemos qual delas corresponde à nossa face verdadeira.”

E em meio ao barulho do mundo, encontrar tempo
para o Silêncio, que nos ensina a sermos humildes.

A humildade que nos faz recordar a consciência de que somos efêmeros como o vento.

E só como efêmeros poderemos perceber a dádiva
que é respirar...

“Meu coração quer morrer para tudo aquilo que me
consome e absorve, e que me devolve tão pouco,
quase nada, em troca...”, suspirou ela.





“Meu coração se deleita nas melodias que sussurram
os mistérios da vida eterna...”

“Dê tudo ao amor; obedeça seu coração.”
A vida necessita de pausas.(respire.)
A beleza da imensidão do céu...e as lições da vastidão
do mar.

“Faça aquilo que faz o teu coração cantar.”
As cantigas de uma alma, e as melodias do coração.
O que é que faz o teu coração cantar, a tua alma sorrir?
E na primeira página da sua agenda, ela tem anotado:...

“Um Dia Perfeito: Deitar à noite na cama com um sonho,
Acordar pela manhã com um propósito.”
Quais os sonhos que embelezam as tuas noites?
Quais os propósitos que conferem sentido e significado
para os teus dias e as tuas horas?...
O olhar que busca as estrelas.
O Vento que invocamos para as velas da embarcação
na qual navegamos pela vida...
O Sopro que invocamos para as nossas asas.

Apesar de tudo por consertar que aí está,
disse ela com um leve sorriso nos lábios,

“A vida é bela!”

Autoria desconhecida,
Texto e imagens internet

domingo, 9 de maio de 2010

Feliz Dia das Mamães

Que o Amor e o respeito, esteja sempre presente nas atitudes e nos corações de todos os filhos.

Que a nossa mãe Maior, Nossa Senhora seja sempre o refúgio para as nossas aflições, a alegria que supera a dor, a luz que ilumina e nos guia...





Ave-Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vóis entre as mulheres
E Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus
Santa Maria Mãe de Deus,
Rogai por nós os pecadores
Agora e na hora de nossa morte.
Assim seja.

Imagem: Internet

quarta-feira, 5 de maio de 2010

terça-feira, 4 de maio de 2010

Fácil e Difícil

Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expresse sua opinião...
Difícil é expressar por gestos e atitudes, o que realmente queremos dizer.



Fácil é julgar pessoas que estão sendo expostas pelas circunstâncias...
Difícil é encontrar e refletir sobre os seus próprios erros.

Fácil é fazer companhia a alguém, dizer o que ela deseja ouvir...
Difícil é ser amigo para todas as horas e dizer a verdade quando for preciso.

Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre a mesma...
Difícil é vivenciar esta situação e saber o que fazer.


Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado...
Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece.
Fácil é viver sem ter que se preocupar com o amanhã...
Difícil é questionar e tentar melhorar suas atitudes impulsivas e as vezes impetuosas, a cada dia que passa.

Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar...
Difícil é mentir para o nosso coração.

Fácil é ver o que queremos enxergar...
Difícil é saber que nos iludimos com o que achávamos ter visto.

Fácil é ditar regras...Difícil é segui-las...

Carlos Drummond de Andrade
Imagens: Internet

Procura-se um amigo...Por Nosso eterno poeta Vinicius de Moraes





Não precisa ser homem, basta ser humano, basta ter sentimentos, basta ter coração. Precisa saber falar e calar, sobretudo saber ouvir. Tem que gostar de poesia, de madrugada, de pássaro, de sol, da lua, do canto, dos ventos e das canções da brisa. Deve ter amor, um grande amor por alguém, ou então sentir falta de não ter esse amor.. Deve amar o próximo e respeitar a dor que os passantes levam consigo. Deve guardar segredo sem se sacrificar.


Não é preciso que seja de primeira mão, nem é imprescindível que seja de segunda mão. Pode já ter sido enganado, pois todos os amigos são enganados. Não é preciso que seja puro, nem que seja todo impuro, mas não deve ser vulgar. Deve ter um ideal e medo de perdê-lo e, no caso de assim não ser, deve sentir o grande vácuo que isso deixa. Tem que ter ressonâncias humanas, seu principal objetivo deve ser o de amigo. Deve sentir pena das pessoa tristes e compreender o imenso vazio dos solitários. Deve gostar de crianças e lastimar as que não puderam nascer.


Procura-se um amigo para gostar dos mesmos gostos, que se comova, quando chamado de amigo. Que saiba conversar de coisas simples, de orvalhos, de grandes chuvas e das recordações de infância. Precisa-se de um amigo para não se enlouquecer, para contar o que se viu de belo e triste durante o dia, dos anseios e das realizações, dos sonhos e da realidade. Deve gostar de ruas desertas, de poças de água e de caminhos molhados, de beira de estrada, de mato depois da chuva, de se deitar no capim.


Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo. Precisa-se de um amigo para se parar de chorar. Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas. Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive.



Bjsssssssss de luz nos corações... amo muito todos vocês!!